Untitled Document
SÁBADO, 31 DE OUTUBRO DE 2020
28 de AGOSTO de 2020 | Fonte: Subcom

Fim de semana será de bastante calor e tempo seco no MS

Sábado será mais um dia de grande amplitude térmica com variação entre 16°C a 41°C para MS.
Foto: Chico Ribeiro

A meteorologia indica que o fim de semana em Mato Grosso do Sul será de tempo aberto, bastante calor e baixa umidade do ar.

 

Para esta sexta-feira (28/08) a estimativa do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) é de céu claro a parcialmente nublado em todas as regiões, e não há expectativa de chuva.

 

A umidade relativa do ar ficará elevada no setor sul do Estado, porém as demais áreas irão apresentar estado de alerta à saúde durante a tarde. A variação está estimada entre 80% a 15% neste dia. Para aliviar o desconforto provocado por estas condições é necessário ingerir muito líquido, umidificar ambientes, evitar aglomerações e exposição direta ao sol, usar soro fisiológico nos olhos e narinas, e redobrar atenção com idosos e crianças. 

 

O vento estará com intensidade fraca a moderada em todas as regiões. Já as temperaturas seguem com uma grande amplitude térmica, que é a diferença entre a mínima e a máxima. A variação está estimada entre 13°C a 41°C. Na Capital a variação será entre 23°C a 34°C. 

 

O sábado (29/08) deverá manter as mesmas condições de tempo, com predomínio de sol, poucas nuvens e umidade do ar em estado de alerta para grande parte do Estado. Será mais um dia de grande amplitude térmica com variação entre 16°C a 41°C para MS, e na Capital a mínima será de 25°C e a máxima de 36°C. 

 

Até o dia 10 de setembro não há expectativa de chuva para o Estado, conforme o Cemtec. As condições climáticas acendem o alerta para o risco de queimadas urbanas e florestais que podem iniciar por uma tentativa de eliminar lixo em terrenos baldios com fogo ou até mesmo por bitucas de cigarro descartadas na vegetação. 

 

Além de prejudicar o meio ambiente, a saúde é outro fator afetado pela poluição do ar decorrente dos incêndios. Problemas respiratórios como, bronquite, asma, sinusite e rinite, nariz entupido, rouquidão, tosse alérgica, conjuntivite, irritação nos olhos e garganta, alergia e vermelhidão na pele, e doenças cardiovasculares, estão entre os problemas mais frequentes, e que se agravam em decorrência da fumaça.



Untitled Document
Últimas Notícias
Promoção de aniversário Supermercados Chama sorteará R$ 30 mil em prêmios e carrinhos de compras
Eleições 2020: candidatos agora só podem ser presos em flagrante
Parlamentares da ALEMS têm mandatos prorrogados na diretoria da Unale
Untitled Document