Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 01 DE OUTUBRO DE 2020
08 de JULHO de 2020 | Fonte: Agência ALEMS

ALEMS participa de entrega de equipamentos produzidos pelo projeto Corona Vidas

O Corona Vidas é formado por voluntários que trabalham em rede para conectar pessoas com o objetivo de salvar vidas.
Casa de Leis foi representada pelo deputado Professor Rinaldo (Foto: Gregório Medeiros/ALEMS)

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) participou, na segunda-feira (06/07), da entrega de protetores faciais produzidos pelo projeto Corona Vidas em Dourados. Os equipamentos de proteção individual (EPI) foram doados à Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). A Casa de Leis foi representada pelo deputado Professor Rinaldo (PSDB).

 

“O projeto Corona Vidas surgiu na Bahia e está sendo implementado em Mato Grosso do Sul, resultado da parceria entre a Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais, Leilodom, Instituto Federal de Mato Grosso do Sul e Unigran, com apoio da Secretaria Estadual de Saúde, Defensoria Pública, Assomasul, Fiocruz MS e Núcleo de Evidências do Estado”, explicou o parlamentar, que também representou a União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale).

 

Corona Vidas

O Corona Vidas é formado por voluntários que trabalham em rede para conectar pessoas com o objetivo de salvar vidas. O projeto nasceu em Feira de Santana, na Bahia, e conta com a participação e colaboração de professores, pesquisadores, sociedade civil, entusiastas da tecnologia, empresas de injeção de plástico e Organizações Não Governamentais (ONGs).

 

O grupo trabalha com iniciativas para o enfrentamento e combate ao coronavírus. Buscando a ampliação da rede de atuação do projeto, da colaboração técnica, do compartilhamento de conhecimentos e do trabalho em rede, o projeto expandiu-se pelo Brasil passando a ter ações no Amazonas, São Paulo e Rio de Janeiro. Em meados de abril, foi iniciada a implantação do projeto e desenvolvimento do trabalho Corona Vidas em Dourados.

 

O principal objetivo do grupo instalado na cidade sul-mato-grossense é a produção industrial de protetores faciais (face shields) utilizando a injeção de plástico. Hoje, os protetores faciais são considerados equipamentos de proteção individual muito importantes, particularmente para os profissionais de saúde da linha de frente no combate à Covid-19.

 

Outro objetivo do grupo é a produção e divulgação de dados e informações que permitam a melhor utilização e maior durabilidade dos equipamentos. Os protetores faciais serão doados atendendo às demandas dos 79 municípios do Estado.



Untitled Document
Últimas Notícias
Gaeco cumpre mandados de busca em empresas de MS por supostas fraudes em licitações
Mesa Diretora da ALEMS publica normas a deputados e servidores relativas ao período eleitoral
Governo federal vai vender 387 bens de traficantes em Mato Grosso do Sul
Untitled Document