Untitled Document
SÁBADO, 30 DE MAIO DE 2020
15 de JANEIRO de 2020 | Fonte: Campo Grande News

Jovem de 17 anos é a terceira vítima de dengue neste ano, em MS

Internado com suspeita de leptospirose, menino era morador de Sete Quedas e morreu no dia 10 de janeiro
Vasilhames com água parada são principais criados do mosquito Aedes aegypti (Foto: Arquivo/Paulo Francis)

Jovem de 17 anos é a terceira vítima de dengue, neste ano, em Mato Grosso do Sul. Morador do município de Sete Quedas, distante 470 quilômetros de Campo Grande, o menino morreu no último dia 10 de janeiro. Conforme boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), entre os dias 1° e 15 de janeiro, foram confirmados 133 casos de dengue no Estado.

 

A última vítima confirmada foi internada com suspeita de Leptospirose, no entanto, exame laboratorial realizado pelo Lacen (Laboratório Central) confirmou dengue. A morte ocorreu no dia 10 de janeiro.

 

Outros dois óbitos por dengue foram confirmados pela Saúde. No último domingo, um homem de 30 anos, morreu no Hospital da Unimed, na Capital. Em Corumbá, distante 420 quilômetros da Capital, a vítima foi um homem de 29 anos.

 

Nenhum dos municípios onde foram registradas mortes está entre as cidades com maior incidência, ou seja, acima de 300 casos por 100 mil habitantes. Encontram-se nesta situação Alcinópolis, Caracol e Cassilândia. Sete Quedas e Corumbá estão em situação de média incidência e Campo Grande baixa.

 

Neste ano, em 15 dias, as notificações de dengue já atingiram 989. Em 2019, foram registrados 70.651. Um dos três maiores registros dos últimos cinco anos.

 

Prevenção – A principal forma de evitar a doença é o combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da doença. É recomendando evitar água parada em qualquer local em que ela possa se acumular, em qualquer época do ano.

 

Além da dengue, o Aedes aegypti transmiti também o vírus zika e a febre do chikungunya.



Untitled Document
Últimas Notícias
Operação em MS busca provas contra policiais civis suspeitos de receberem propina da ‘Máfia do Cigarro’
Publicada com vetos lei sobre ajuda financeira a estados e municípios
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h
Untitled Document