Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 01 DE JUNHO DE 2020
14 de JANEIRO de 2020 | Fonte: Campo Grande News

PF vai terceirizar segurança de delegacias em MS

Vigilantes vão trabalhar em seis prédios, na Capital e interior
Superintendência da PF em Campo Grande terá três postos de trabalho (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

A Stilo Segurança LTDA venceu licitação para prestar serviços de vigilância armada na superintendência e delegacias da PF (Polícia Federal) em Mato Grosso do Sul. A terceirização vai custar R$ 2,2 milhões em contrato de 20 meses.

 

A PF vai contratar para 12 postos, cinco para segurança diurna e sete noturna, em escala de 12 horas de trabalho por 36 horas de descanso, de segunda a domingo.

 

A superintendência da força de segurança, localizada na Vila Sobrinho, região oeste de Campo Grande, terá um posto diurno e dois noturnos.

 

A delegacia da PF de Dourados vai contar com um posto por turno. Já a de Ponta Porã terá esquema reforçado, com um cargo diurno e três noturnos.

 

Três Lagoas e Corumbá terão postos apenas no período diurno, ao passo que a delegacia de Naviraí será contemplada só no regime noturno.

 

Conforme o edital de licitação, cada posto de serviço deve envolver dois vigilantes.

 

Os seguranças terceirizados devem começar a trabalhar no dia 1º de fevereiro, uma vez que o atual contrato prevê serviços até o dia 31 de janeiro.

 

A contratada deve fornecer armas, munição (menos as recarregadas) e respectivos acessórios ao vigilante.

 

A empresa ainda precisa equipar o segurança com cinto com coldre e baleiro; colete e placa balísticos; rádio comunicador; livro de ocorrências; cassetete; porta cassetete; apito com cordão; capa de chuva; lanterna de LED; bastão ou outro equipamento próprio para ronda eletrônica.

 

O resultado da licitação foi publicado no DOU (Diário Oficial da União).



Untitled Document
Últimas Notícias
Nova frente fria chega ao MS e muda o tempo já a partir de segunda
Mato Grosso do Sul tem 20 óbitos por coronavírus e 1.489 confirmados
Câmara de Dourados suspende atividades após segundo caso de Covid-19
Untitled Document