Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 19 DE NOVEMBRO DE 2019
14 de OUTUBRO de 2019 | Fonte: FIEMS/DICOM

Fiems e Sindivest alinham soluções inovadoras para o segmento do vestuário

Sistema Fiems irá preparar cursos de capacitação profissional capazes de criar, adequar, atualizar e inovar o segmento da indústria do vestuário e têxtil.

Aumentar a competitividade e implementar melhorias na gestão e processos das indústrias do vestuário e têxtil de Mato Grosso do Sulk. É com essa visão que representantes do Sistema Fiems e do Sindivest/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e Fiação de Mato Grosso do Sul) se reuniram, nesta segunda-feira (10/10), na Incubadora Sindical da Fiems, em Campo Grande (MS), para encontrar alternativas para fortalecer o segmento com o apoio técnico, principalmente, às pequenas e médias empresas.

 

No encontro, ficou definido que, em 30 dias, o Sistema Fiems, por meio do Sesi, Senai e IEL, irá preparar cursos de capacitação profissional capazes de criar, adequar, atualizar e inovar o segmento da indústria do vestuário e têxtil para alavancar resultados e tornar as empresas mais inovadoras e lucrativas. O presidente do Sindivest/MS, José Francisco Veloso Ribeiro, ressalta que a adoção de novos modelos de negócios irá proporcionar uma reflexão individual sobre a atuação da empresa e, assim, dará visão de novas alternativas de mercado.

 

“A cada novo conhecimento, abre-se um grande leque de oportunidades e, por isso, visamos alinhar os serviços e produtos do Sistema Fiems para atender as novas demandas da indústria, que já conhece o que o Sesi, Senai e IEL oferecem, mas sempre espera soluções diferentes para o dia a dia”, declarou Francisco Veloso. O gerente de mercado do Sistema Fiems, Fabrício Cândia, explica que o objetivo é proporcionar novos caminhos e suporte técnico para o segmento.

 

“Estamos tentando entender o que podemos proporcionar, não simplesmente, o que já propomos hoje em relação à formação, mas sim, trazer coisas novas, como descobrir novos mercados, novos produtos novas formas de venda, além de soluções para produtividade e diminuição de custos”, afirmou Fabrício Cândia, acrescentando que uma opção seria treinamentos sobre as redes sociais, já que o mundo digital tem o poder de alavancar as vendas de pequenas empresas desde que baseadas em ações planejadas de marketing para a Internet.

 

“A ideia seria trazer algum especialista do Facebook ou Instagram para desbravar esse mercado de e-commerce para os empresários porque o setor é muito formado de pequenas confecções, que precisam ter uma saída de venda que seja viável”, concluiu o gerente de mercado do Sistema Fiems após a reunião, que também contou com representantes das unidades do Sesi, Senai e IEL em Campo Grande.



Untitled Document
Últimas Notícias
Mato Grosso do Sul tem 944 oportunidades de emprego nesta segunda-feira
Escola do Sesi de Naviraí é premiada com medalha de ouro na etapa nacional da Mostra Brasileira de Foguetes
Brasil vira sobre o México e é campeão do Mundial Sub-17
Untitled Document