Untitled Document
DOMINGO, 15 DE SETEMBRO DE 2019
08 de AGOSTO de 2019 | Fonte: Lance Net!

Recordista na Ucrânia, Luiz Adriano vira esperança da torcida do Verdão

Atacante é o maior artilheiro da história do Shakhtar Donetsk e empilhou títulos, inclusive da Liga Europa, com gol na final. Pelo Milan e Spartak Moscou, números não foram iguais
Luiz Adriano será apresentado nesta quinta-feira, na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco)

Já regularizado e integrado ao elenco, Luiz Adriano será apresentado no início da tarde desta quinta-feira no Palmeiras. Há a chance de que o reforço mais recente para o ataque possa estrear domingo, contra o Bahia. Nesta volta ao Brasil, ele tenta recuperar o desempenho que o colocou na história do Shakhtar Donetsk (UCR).

O palmeirense atuou entre 2006 e 2015 no time ucraniano e empilhou recordes: é o maior artilheiro do clube com 128 gols em 260 jogos e levantou 16 taças, entre elas seis da liga nacional e a Liga Europa de 2008/2009. Luiz Adriano, inclusive, marcou na final da única conquista europeia do Shakhtar.

Ele é, também, o sexto brasileiro com mais gols na Liga dos Campeões da Europa (21 em 47 jogos). Luiz Adriano e Messi são os únicos a marcarem cinco gols em uma única partida da principal competição de clubes: o feito do reforço do Verdão foi obtido em 2014, na goleada do Shakhtar por 7 a 0 sobre Bate Borisov, da Bielorrússia.

Tanto no Milan quanto no Spartak Moscou (RUS), o centroavante também ganhou títulos, mas não repetiu o desempenho de sua primeira experiência no exterior. Na Itália, fez seis gols em 36 partidas e conquistou a Supercopa; na Rússia, mais 25 gols em 79 partidas, e dois campeonatos vencidos.

Contratado por quatro anos pelo Palmeiras, o jogador de 32 anos de idade faz nesta quinta apenas o terceiro treino com o elenco, mas já conta com grande expectativa da torcida. Ele é o quinto centroavante alviverde, o que mostra que não há uma unanimidade no setor.

Deyverson é quem mais joga com Felipão, mas não vive bom momento e perdeu vaga para Borja. Só que o colombiano sofreu um entorse no tornozelo e ficou fora do Dérbi; Arthur Cabral, contratado para esta temporada, é a última opção e joga muito pouco.

Henrique Dourado chegou junto de Luiz Adriano, mas ainda está em transição entre a parte física e técnica. Ele sofreu uma fratura na tíbia há pouco mais de quatro meses e aguarda a liberação total para ser relacionado. Os reforços entram para a briga mais aberta pela titularidade no atual campeão brasileiro.

Após a apresentação nesta quinta, o ex-jogador do Spartak dependerá apenas do técnico para ser relacionado. Isto porque vinha jogando na Rússia: sua última partida disputada foi há dez dias.



Untitled Document
Últimas Notícias
Izauri destaca apoio do Governo do Estado na pavimentação e drenagem do Distrito Industrial
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado de R$ 100 milhões
IFMS abre inscrições para 1,4 mil vagas em cursos técnicos integrados
Untitled Document