Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 17 DE FEVEREIRO DE 2020
30 de JULHO de 2019 | Fonte: Neiba Ota/assessoria

MEC prorroga prazo para renegociação de dívida com Fies

Os estudantes que aderiram ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ganharam mais tempo para renegociar dívidas. Portaria publicada na edição do Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 30 de julho, prorroga para 10 de outubro o prazo para o pagamento. A data limite já havia sido estendida de 22 para 29 de julho.

A vantagem da renegociação é que os valores podem ser parcelados por, pelo menos, 48 meses. Antes de abril, quando foi aberto o período para quitar os débitos, só era possível o pagamento à vista.

Mais de 500 mil alunos estão com os contratos de financiamento na fase de amortização e com atraso no pagamento das prestações. O saldo devedor total alcança cerca de R$ 11,2 bilhões.

Para pedir a renegociação, os estudantes precisam:
- ter firmado o contrato com o Fies até o segundo semestre de 2017;

- estar com as parcelas atrasadas em, no mínimo, 90 dias;

- ter contratos em fase de amortização.

Os contratos não podem ser objeto de ação judicial. A depender do tipo, a renegociação também poderá ser feita pelo prazo de amortização.

Como regularizar – Os interessados devem procurar a instituição bancária onde o contrato foi assinado. O valor da parcela resultante da renegociação não poderá ser inferior a R$ 200. Há ainda a parcela de entrada. O estudante deverá pagar ou 10% da dívida consolidada vencida, ou R$ 1.000 — o que tiver o maior valor.



Untitled Document
Últimas Notícias
Homem é flagrado com uma tonelada de agrotóxico na fronteira com o Paraguai
Menino de 9 anos é a 11ª vítima da dengue em MS
Governo garante entrega de uniformes e materiais escolares no início das aulas
Untitled Document