Untitled Document
SÁBADO, 17 DE AGOSTO DE 2019
22 de ABRIL de 2019 | Fonte: ESPN

Flamengo vence Vasco e conquista o 35º título carioca

Arão e Vitinho marcam na vitória que sacramentou o 35º título carioca ao Flamengo.
Willian Arão comemora O seu gol durante a segunda partida contra o Vasco, válida pela final do Carioca (Foto: Gazeta Press)

Pode comemorar, torcedor rubro-negro! Neste domingo (21/04), com o Maracanã lotado por 52 mil pessoas, o Flamengo confirmou o favoritismo, bateu o Vasco novamente e se tornou campeão do Campeonato Carioca. A vitória foi por 2 a 0, com gols de Willian Arão (assistência de Arrascaeta) e Vitinho (passe de Diego).

 

É a 35ª vez que o clube levanta a taça do Estatual. A última vez havia sido em 2017.

 

PRESENÇA ILUSTRE

O garoto Jhonata Ventura, sobrevivente da tragédia do Ninho do Urubu, vestiu a camisa do Flamengo e foi ao Maracanã para acompanhar a decisão carioca. No Twitter, o clube escreveu: "Seja bem-vindo de volta".

 

FUMAÇA VERMELHA

A torcida do Fla fez uma verdadeira festa minutos antes de a bola rolar. Nas arquibancadas, fumaças preta e vermelha deixaram o clima ainda mais digno de uma decisão de Campeonato Carioca. O ambiente ficou puramente rubro-negro.

 

FALTA, CONFUSÃO E GOL

O primeiro gol da finalíssima saiu aos 12 minutos. E é claro que teve polêmica. Gabigol, em impedimento, recebeu na ponta-direita, balançou com a bola e levou uma chegada dura. O clima esquentou, e Leandro Castán e Diego acabaram amarelados.

 

Na cobrança de falta, Pará rolou para Arrascaeta, que levantou na área. Willian Arão subiu muito mais que a defesa vascaína e, de cabeça, mandou a bola para o fundo das redes. 1 a 0 para o Fla, que abre 3 a 0 no agregado.

 

FERNANDO MIGUEL E RENÊ SALVAM

O segundo gol flamenguista quase saiu aos 28 minutos. Acionado em velocidade pela ponta-esquerda, Gabigol dominou e cruzou rasteiro. Diego apareceu dentro da área e deu um leve toque. A bola parecia estar entrando, mas Fernando Miguel, bem posicionado, conseguiu salvar.

 

O Vasco respondeu cinco minutos depois. Após levantamento na área, Diego Alves tirou de soco. A bola sobrou para Yago Pikachu, que bateu de primeira, mas Renê apareceu para tirar na pequena área. O chute tinha endereço.

 

O ÚLTIMO TEMPO

O Vasco da Gama voltou do intervalo com uma substituição ofensiva. O argentino Maxi López, que foi importantíssimo para o cruzmaltino no final do ano passado, entrou no lugar do garoto Lucas Santos. Com isso Marrony ficou centralizado, Pikachu aberto na direita e Yan Sasse na esquerda.

 

PARA GARANTIR DE VEZ

O Flamengo confirmou a conquista aos 37 minutos, quando o segundo gol rubro-negro foi anotado. A jogada começou com Diego, que encontrou Vitinho. O atacante arrancou e chutou firme, vencendo o goleiro do Vasco e estufando as redes. Nas arquibancadas, a torcida gritou ainda mais forte "é, campeão".

 

35 VEZES

O gol de Vitinho garantiu de vez a conquista do Flamengo, que venceu os dois jogos da final por 2 a 0. O troféu deste domingo é o 35º vencido pelo Rubro-Negro na história.



Untitled Document
Últimas Notícias
MS apresenta, em julho, melhor resultado na abertura de empresas desde 2013
Praça Sakae Kamitani será inaugurada sábado, dia 17 de agosto
Naviraí registra segunda morte por Influenza A em 2019
Untitled Document