Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 01 DE OUTUBRO DE 2020
26 de ABRIL de 2018 | Fonte: Correio do Estado

Comercialização de farelo de soja aumenta com quebra na safra argentina

Exportação de farelo de soja quadriplica entre janeiro e março de 2018
Volume comercializado foi de 118,5 mil toneladas, no 1º trimestre de 2018 (Foto: Ascom Famasul/ João Carlos Castro)

Produtores de soja em Mato Grosso do Sul comemoram o bom momento das exportações do grupo soja em 2018. De janeiro a março desde ano, a exportação do farelo de soja, um dos principais produtos utilizados na alimentação de criações, registrou crescimento de 352%. 

 

A informação da unidade técnica da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), acrescenta ainda que em termos de produção foram exportados 118,5 mil toneladas. Entre os fatores que contribuiram para a performance está a quebra da safra argentina. 

 

 Nos últimos três anos, os principais compradores do produto processado são a Tailândia, Indonésia e Holanda. O farelo é utilizado na produção da ração animal, representando 30% da sua composição.

 

“A quebra da safra argentina trouxe oportunidade para a exportação não só do grão de Mato Grosso do Sul, mas também do farelo, o produto ganha competitividade neste momento.” afirma o técnico do Departamento de Economia do Sistema Famasul, Luiz Gama.  

 

No período analisado, as exportações renderam uma receita de US$ 45 milhões, uma alta de 370% comparada ao mesmo período do ano passado.



Untitled Document
Últimas Notícias
Gaeco cumpre mandados de busca em empresas de MS por supostas fraudes em licitações
Mesa Diretora da ALEMS publica normas a deputados e servidores relativas ao período eleitoral
Governo federal vai vender 387 bens de traficantes em Mato Grosso do Sul
Untitled Document